Daniel Marques*

Uma aberração e afronta aos limites razoáveis e constitucionais o
presidente Bolsonaro propor subsídios no valor de 30 milhões de reais
nas contas de energia elétrica de templos religiosos em troca de votos
para criação de seu partido.
Consumidores urbanos já pagam o dobro da tarifa dos consumidores rurais
justamente para subsidiar a produção de alimentos e nada recebem em
contrapartida. lembrando que as igrejas não agam IPVA, IPTU e imposto
de renda. Presidente Bolsonaro deveria ter proposto reduzir as tarifas
de energia elétrica para hospitais, asilos e instituições que cuidam dos
desfavorecidos ao invés de buscar fortalecer seu projeto tirânico.
Congresso e senado devem deliberar sobre o impeachment de Bolsonaro para impedir
que suas sandices coloquem em risco a segurança nacional e assim
permitir que seu vice Mourão governe segundo os ditames da igualdade,
liberdade e fraternidade para todos.

*Historiador

Free WordPress Themes, Free Android Games