Foto: Cleiton Borges – SECOM/PMU

Programa Escola Bem Arrumada é intensificada no período que antecede a volta às aulas
Iniciativa instituída pelo prefeito Odelmo Leão prepara rede municipal de ensino para início do ano letivo

Durante os meses de férias escolares o movimento continua intenso nos prédios da rede municipal. Em janeiro e fevereiro, a Prefeitura de Uberlândia reforça os serviços de manutenção realizados nas instituições de ensino do Município pelo programa Escola Bem Arrumada, que passará pelas 122 unidades urbanas e rurais até o final da iniciativa. As intervenções beneficiarão os mais de 60 mil estudantes e poderão ser vistas de perto pela comunidade escolar a partir do dia 16 de fevereiro, início do ano letivo.

Escola Bem Arrumada

O Escola Bem Arrumada foi retomado pelo prefeito Odelmo Leão em 2017 e realiza melhorias nas unidades durante todo o ano. O objetivo do programa é manter os prédios escolares em total condição de funcionamento e as ações ocorrem graças a uma parceria entre a Empresa Municipal de Apoio e Manutenção (Eman) com a Secretaria de Educação. Desde a última segunda-feira (8), a Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbanístico contribui ainda mais com o programa, realizando a capina e roçagem em todas as unidades de ensino.
“Reforçamos os serviços nesta época, quando as escolas não estão tendo aulas, para não prejudicar o andamento do ano letivo. As equipes fazem reparos mais intensos como a rede elétrica, troca de lâmpadas e a limpezas das caixas d’água. O objetivo é que o aluno comece mais um ano de estudo, animado”, explicou a secretaria de Educação, Célia Tavares.

Reparos e manutenções

A Escola Municipal Irmã Odélcia Leão Carneiro, no bairro São Gabriel, está passando por uma intensa reestruturação. Além dos serviços gerais como troca de lâmpadas e torneiras, a instituição de ensino também está recebendo a primeira pintura geral, desde a inauguração em 2009.

“É uma satisfação muito grande ver tudo tão arrumado. Trabalho na escola há cinco anos e já estava precisando de uma pintura e de outros reparos que não foram feitos. Durante 2017 foram feitas diversas pequenas manutenções, mas agora é geral, será uma revitalização na escola toda. Até o telhado que estava com um vazamento já foi consertado. Tenho certeza que isso será um grande estímulo, tanto para os professores quanto para os alunos e a comunidade”, afirma a diretora Maria Lucimar Miranda Silva.

Com o objetivo de manter as mais de 17 salas em bom estado, um trabalho contínuo será realizado entre os servidores, comunidade e os mais de 800 alunos. “Iremos trabalhar novas maneiras de expor os trabalhos dos alunos. Antigamente colávamos tudo nas paredes, o que deixava marcas por toda a escola. Agora, vamos criar estratégias diferenciadas para expor os projetos sem prejudicar o prédio, que está ficando cada vez melhor”, acrescenta a diretora.

Foto: Cleiton Borges – SECOM/PMU

Combate ao Aedes aegypti

Outro trabalho importante que está sendo feito nas escolas é a Ronda Escolar, realizado pelas equipes do Programa de Controle da Dengue, da Secretaria de Saúde. A atividade consiste na eliminação dos possíveis criadouros do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, febre amarela, zika e chikungunya. Durante as visitas dos agentes do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) são verificados itens como calhas e ralos. Além das escolas, os focos estão sendo eliminados no entorno dos equipamentos públicos, em calhas, telhas, vasos de plantas e bebedouros de animais nas residências.

Free WordPress Themes, Free Android Games
%d blogueiros gostam disto: