Romeu Zema anuncia construção de ponte sobre o rio São Francisco, no Norte de Minas

Fotos: Gil Leonardi / Imprensa MG

Obra no munícipio de mesmo nome e recuperação de estradas serão feitas com recursos do termo de reparação de Brumadinho
O governador Romeu Zema anunciou nesta sexta-feira (18/6) a construção da ponte sobre o rio São Francisco, no município de mesmo nome e em Pintópolis, uma demanda antiga da população. A obra será viabilizada por meio dos recursos do Termo de Medidas de Reparação assinado em fevereiro com a Vale devido ao rompimento da barragem em Brumadinho. Outras ações importantes para o Norte de Minas também estão previstas, incluindo obras em estradas, que totalizarão R$ 257 milhões em investimentos e geração de cerca de 4.800 empregos diretos e indiretos para a região.

“Esta ponte terá um impacto positivo aqui tanto para São Francisco e Brasília de Minas quanto para Pintópolis e Urucuia, que estão do outro lado. Essa região é a nova fronteira agrícola de Minas e do Brasil e nós precisamos de uma infraestrutura fortalecida para que o produtor rural que já está lá consiga ter preços competitivos e para que muitos outros cheguem por ver que aqui é uma região que pode e tem condições de ter a produção escoada com competitividade. Essa ponte é um desejo antigo e eu vou ter o privilégio de dar em breve o pontapé inicial nessa obra que vai mudar a realidade da região”, afirmou o governador.

A ponte será construída na MG-402, no trecho Pintópolis a São Francisco. O valor estimado é de R$ 126 milhões. A intervenção está prevista para iniciar em agosto deste ano e depende da aprovação do projeto de lei que trata dos recursos do termo de reparação em tramitação na Assembleia Legislativa de Minas.

Ainda no setor de infraestrutura, a MG-402 será pavimentada entre Pintópolis e Urucuia, um trecho de 73,1 quilômetros no valor de R$ 60,7 milhões. A obra está em licitação e é um importante acesso à ponte sobre o rio São Francisco.

Estas intervenções irão impactar diretamente os 16 municípios da microrregião Brasília de Minas/São Francisco, cuja população estimada é de 233.905 habitantes, correspondentes a 1,10% de toda população do estado de Minas Gerais.

Também está prevista a recuperação de pavimento da MG-401, entre Matias Cardoso e o início do perímetro urbano de Janaúba, no valor de R$ 56 milhões; e da LMG-633, no entroncamento da MG-401 e Mocambinho, por R$ 14 milhões. A previsão de início das duas obras é novembro de 2021. Ambas estão com projeto em elaboração.

Recursos garantidos

O secretário adjunto de Planejamento e Gestão, Luis Otávio, ressaltou a importância da obra para a região.

“O investimento na região, com a construção da ponte e a pavimentação e recuperação das estradas, é uma demanda histórica da população. O objetivo é a geração de empregos e desenvolvimento econômico, que é a grande demanda da região há muitos anos. A vantagem é que o recurso está garantido e a ordem de serviço é ainda neste ano”, afirmou Luís Otávio.

O prefeito de São Francisco, Paulo Miguel, falou sobre a expectativa de, enfim, acompanhar a obra tão esperada saindo do papel.

“Estou como todo são franciscano, como todos os moradores dos municípios vizinhos da nossa região, com a expectativa e fé de que esta obra seja concretizada para que o desenvolvimento chegue até nós e possamos, juntos, comemorar e gerar empregos para a nossa população”, afirmou.
Acompanharam o governador na cerimônia o senador Carlos Viana, os deputados federais Marcelo Aro, Fred Costa e Paulo Guedes, os deputados estaduais Gil Pereira, Arlen Santiago, Tadeuzinho e Zé Reis, além dos secretários de Desenvolvimento Econômico, Fernando Passalio, de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Ana Valentini, o diretor-presidente do Idene, Nilson Borges, prefeitos, vereadores e demais lideranças da região.

Seca

Para amenizar a situação da seca na região Norte de Minas e Vales do Jequitinhonha e Mucuri, o presente termo de reparação também prevê ações de fortalecimento da Defesa Civil, como o projeto “Convivendo com a Seca”. A iniciativa contempla a aquisição de cisternas para a região do semiárido mineiro, visando oferecer melhor preservação de água potável para uso das comunidades que ali existem.

Nesse mesmo viés, está prevista publicação de edital de chamamento público, nesta sexta-feira (18/6), para que os municípios mineiros possam estruturar as suas Coordenadorias Municipais de Proteção e Defesa civil (Compdecs). Tratam-se de kits básicos de proteção e defesa civil, contendo, cada qual, uma viatura 4×4, cinco coletes de defesa civil, um notebook e uma trena digital. Os municípios de São Francisco e região poderão se beneficiar do projeto, desde que atendam os critérios especificados no mencionado edital, a ser lançado pela Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec), observados os parâmetros de seleção e classificação indicados.

O chefe do Gabinete Militar do Governador (GMG) e coordenador estadual da Defesa Civil, coronel Osvaldo de Souza Marques, afirmou que fornecer água é garantir dignidade à população do Norte e Nordeste mineiro.

“Estamos realizando medidas paliativas e outras sustentáveis, com o fornecimento de água potável para que estas comunidades possam desenvolver a sua subsistência no local sem realizar o êxodo rural, gerando para o próprio município renda e conseguindo manter o mais importante, que é a dignidade”, afirmou o coronel.
A Defesa Civil Estadual também está realizando, em parceria com a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese), ajuda humanitária para os municípios afetados pela seca. São, atualmente, 3000 cestas básicas destinadas aos municípios do Norte de Minas.

O Transporte e Distribuição de Água Potável (TDAP) também vem sendo executado, com 76 municípios atendidos e outros 33 em atendimento. Foram liberados R$ 7 milhões em recursos destinados ao Governo de Minas pela União, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional e a Secretária Nacional de Proteção e Defesa Civil.

Outras ações

Na área de segurança, existe a previsão do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG) de implementação do sistema de comunicação crítica para monitoramento das áreas de risco no 4º COB em Montes Claros. O projeto pretende garantir segurança e eficiência nas comunicações operacionais, na atuação das missões críticas na região.

Há ainda a implantação do Sistema Automatizado de Identificação Biométrica (Abis) para a identificação civil e criminal em todo o estado e emissão de carteiras de identidade.

Além disso, para melhor atendimento ao produtor rural e desenvolvimento do agronegócio mineiro, o projeto “Fortalecimento da estrutura e dos processos do Instituto Mineiro de Agropecuária”.
Produção

Ainda em São Francisco, Zema também se reuniu com representantes do setor produtivo para ouvir as demandas e apresentar os projetos desenvolvidos pelo governo para desburocratizar e criar um ambiente de negócios propício para novos investimentos, com geração de emprego e renda para os mineiros.

O anúncio das obras também animou os empresários, que terão mais agilidade no escoamento de seus produtos. É o caso, por exemplo, do Aderilson Almeida, que possui uma empresa de laticínios no município de São Francisco e enfrenta obstáculos para entregar as encomendas.

“Esta ponte que vai ligar a nossa cidade à Pintópolis vai ser muito benéfica para escoar a produção de São Francisco e, logicamente, vir produtos de fora. Isto vai facilitar, baixar o custo do frete, a logística e mesmo a produção local, além da facilidade dos ribeirinhos de se locomoverem atravessando o rio”, afirmou.

G

Doações de agasalhos podem ser feitas até o dia 25

Cleiton Borges – Secom / PMU

Foi com muita alegria que a dona de casa Janice Souza Santos recebeu as roupas, calçados e cobertores da primeira remessa da Campanha do Agasalho 2021. A entrega faz parte de uma parceria entre a Prefeitura de Uberlândia e a Band Triângulo, que visa beneficiar pessoas em situação de vulnerabilidade social. Os artigos começaram a ser entregues nesta sexta-feira (18) pela equipe da secretaria municipal de Desenvolvimento Social, Trabalho e Habitação (Sedesth).

Na residência de Janice, moram 16 pessoas, sendo que sete tem entre dois e 15 anos de idade. “Estas doações chegaram num momento que estamos precisando muito. Várias pessoas da família estão sem trabalhar e estas ajudas são muito importantes”, disse.

De acordo com a coordenadora de Benefícios Socioassistenciais da Sedesth, Rosana Rodrigues, os materiais serão doados para famílias cadastradas na Diretoria de Benefícios Socioassistenciais. “As famílias selecionadas são aquelas em situação mais vulnerável, que estão precisando mais neste momento”, ressaltou.

Primeira fase arrecadou meia toneladas de artigos

Cleiton Borges – Secom / PMU

Os primeiros resultados da Campanha do Agasalho foram evidenciados ontem, quinta-feira (17), quando meia tonelada de agasalhos e cobertores arrecadados foram repassados pela equipe da Band Triângulo ao Município. Os itens foram entregues à secretária municipal de Governo e Comunicação, Ana Paula Junqueira, juntamente com a secretária municipal de Desenvolvimento Social, Trabalho e Habitação, Iracema Barbosa Marques, pela gerente administrativa da Band Triângulo, Estefânia Maciel. Nesta primeira fase foram arrecadados 400 agasalhos e 240 cobertores.

Prazo prorrogado para doações

O período de arrecadação foi prorrogado e vai até o dia 25 de junho. As doações podem ser feitas em vários pontos da cidade. Segundo Ana Paula Junqueira, a ação é extremamente positiva. “Essas doações vão representar um aconchego e um carinho para quem necessita e pedimos para que a população continue doando, que façam esse carinho e ofereçam esse aconchego para quem precisa nestes dias frios”, destacou a secretária de Governo e Comunicação, Ana Paula Junqueira.

Pontos de arrecadação:

1) Centro Administrativo Municipal: Av. Anselmo Alves dos Santos, 600 – recepção do gabinete do prefeito, piso 1, bloco 1 – Santa Mônica

2) Supermercado Lunasa: Av. Paes Leme, 103, 1085 – E1 – Martins

3) Clínica Santa Clara:
– Hospital Santa Clara – Av. João Pinheiro, 289 – Subsolo – Centro
– Maria Silva Garcia, 286 – Loja 59 – Granja Marileusa
– Pátio Vinhedos – Av. dos Vinhedos, 50 – Loja 01 – Jardim das Acácias
– Center Shopping – Av. João Naves de Ávila, 1331 – Loja 603 – Nossa Sra. Aparecida
– Uberlândia Shopping – Av. Paulo Gracindo, 15 – Loja 75 – Morada da Colina

4) C&A Construtora – R. Urucânia, 597 – Vigilato Pereira

Uberlândia ultrapassa 200 mil vacinados com ao menos a 1ª dose contra Covid-19

Cidade é a segunda de Minas Gerais em quantitativo de pessoas vacinadas, atrás apenas de Belo Horizonte*

Foto: Secretaria Municipal de Governo e Comunicação / PMU

A Prefeitura de Uberlândia segue garantindo toda a logística necessária para assegurar que as remessas de doses da vacina contra Covid-19, enviadas pelo Ministério da Saúde, cheguem o mais rápido possível aos moradores cadastrados. Nesta sexta-feira (18), a cidade ultrapassou 200 mil pessoas vacinadas com ao menos a 1ª dose, o que corresponde a 28,61% da população. A imunização é realizada desde 19 de janeiro e segue cronograma do Plano Nacional de Imunização (PNI) na definição dos grupos prioritários.

A cidade é, até a tarde desta sexta-feira (18), a segunda de Minas em número de pessoas beneficiadas pela 1ª dose, atrás apenas da capital, Belo Horizonte. Considerando localidades do mesmo porte, Uberlândia está à frente de municípios como Natal (RN), Joinville (SC) e Osasco (SP). Com a 2ª dose, a aplicação já foi feita em mais de 80 mil moradores.

Consulta ao cadastro e agendamento

A imunização do público prioritário contra a Covid-19 em Uberlândia acontece mediante cadastro prévio. O acesso é feito no Portal da Prefeitura, na aba “Enfrentamento ao Coronavírus” e depois basta acessar o botão “Cadastro Vacinação”.

Quem se cadastrou para receber a vacina pode acompanhar o agendamento da imunização também no mesmo endereço eletrônico, onde foi disponibilizado a opção “Consultar Agendamento” no canto superior direito da página de cadastro para a vacina. Depois basta digitar o CPF e a data de nascimento da pessoa cadastrada. Com o serviço on-line, o usuário obtém mais detalhes sobre o agendamento e informações de data, hora e local da aplicação. Mesmo com a ferramenta, a pessoa cadastrada continua recebendo a confirmação do agendamento por mensagem de texto no celular (SMS) e por e-mail, caso tenha preenchido o dado no momento do cadastro.

O Município reforça a necessidade de comparecimento dos convocados. Faltosos somente serão reconvocados quando houver disponibilidade de doses sem prejuízo ao progresso da vacinação.

*Os dados desse material foram retirados dos respectivos vacinômetros dos municípios até às 15h de sexta-feira (18).

Fhemig mantém vagas emergenciais para médicos em BH

Gov. MG/Imprensa

Edital prevê mais de 80 contratações com salários básicos que chegam a R$ 9 mil; inscrições vão até 21/6
A Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig) permanece com editais abertos para contratações imediatas de médicos para atuarem nos leitos destinados aos pacientes da covid-19 dos hospitais Eduardo de Menezes e Júlia Kubitschek, em Belo Horizonte. As inscrições terminam no dia 21/6 e os salários básicos variam entre R$ 3,5 mil e R$ 9 mil.
No Hospital Eduardo de Menezes, são nove vagas para médicos generalistas, com carga horária de 12 horas e mais 15 vagas para 24 horas semanais. Para os especialistas, são 16 vagas para 12 horas e 14 para 24 horas semanais. São aceitas as especialidades: Terapia Intensiva, Infectologia, Clínica Médica, Anestesiologia, Pneumologia, Cardiologia ou Cirurgia Geral. Edital: https://bit.ly/3zvuP5L.
No Hospital Júlia Kubitschek, para médicos generalistas são nove vagas para 12 horas e outras nove para 24 horas semanais. Para os profissionais especialistas, são dez vagas para 12 horas e quatro vagas para 24 horas semanais. É aceita qualquer especialidade médica. Edital: https://bit.ly/3xzi9bY.
Para os médicos generalistas, os vencimentos básicos são de R$ 3,5 mil para a carga horária de 12 horas semanais e de R$ 7 mil para 24 horas semanais.
Para os médicos especialistas, é de R$ 4.595 para 12 horas semanais e R$ 9 mil para 24 horas semanais.
Esses valores podem ser acrescidos de vantagens inerentes ao local de atuação e à função exercida, a serem informadas na etapa de contratação.

Prefeitura abre editais para apoio a projetos culturais por meio do Pmic

Editais 04/2021 e 05/2021 anunciam abertura das inscrições para 22 de julho; parte do recurso será destinado a propostas da cultura afro-brasileira e outras etnias

Secretaria de Governo e Comunicação

A Prefeitura de Uberlândia vai dar início a uma nova seleção para apoiar projetos culturais desenvolvidos na cidade. Por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (SMCT), foram publicados nesta quinta-feira (17), no Diário Oficial do Município (DOM), dois editais de inscrição para captação de recursos dentro do Programa Municipal de Incentivo à Cultura (Pmic), exercício 2022. As inscrições começam dia 22 de julho e seguem até 1º de agosto (Confira aqui os editais SMCT 04/2021 e 05/2021).

O Pmic é voltado para projetos que são de interesse público e contribuem com o desenvolvimento cultural do município, financiando até 100% das propostas sem fins lucrativos de pessoas físicas e jurídicas e até 80% daquelas com fins lucrativos apresentadas por pessoas jurídicas. Para o próximo ano, o programa contará com R$ 6,6 milhões, dos quais R$ 3,1 milhões são do Fundo Municipal de Cultura (FMC) e R$ 3,5 milhões se originam do incentivo fiscal. Do montante previsto para o Fundo Municipal de Cultura, R$ 100 mil são exclusivos para microprojetos contemplados pelo edital 05/2021, que oferece fomento à área de cultura afro-brasileira, etnia indígena, ciganos e outras etnias.

No edital 04/2021 (veja aqui), os empreendedores culturais encontram as informações gerais sobre o Pmic, a distribuição de recursos, formulários, documentação exigida, diretrizes da prestação de contas e detalhes da inscrição. Podem participar pessoas físicas acima de 18 anos, residentes e domiciliadas há pelo menos dois anos em Uberlândia e pessoas jurídicas, com ou sem fins lucrativos, de natureza prioritariamente cultural, sediadas no município há mais de dois anos. Enquanto o FMC contempla microprojetos e aqueles de pequeno e médio porte, o incentivo fiscal é voltado para projetos institucionais da secretaria e projetos de médio e grande porte.

As propostas devem se enquadrar em alguma das 14 áreas a seguir: artes visuais e histórias em quadrinhos; artesanato e design; audiovisual, fotografia, comunicação, cultura digital, jogos analógicos e virtuais; biblioteca, arquivo, galeria, museu e centro cultural; circo; cultura afro-brasileira, etnia indígena e outras etnias; culturas tradicionais, folia de reis e quadrilha; dança; formação em arte e cultura; literatura, leitura e contação de histórias; música; patrimônio cultural, histórico e artístico; pesquisa e documentação em cultura; teatro e ópera.

Estímulo à cultura afro-brasileira e outras etnias

No edital 05/2021 (confira), os proponentes encontram o regulamento para inscrição de projetos que contemplam a área de cultura afro-brasileira, etnia indígena, ciganos e outras etnias. Para esse segmento, serão aprovados até dez projetos inscritos por pessoas físicas acima dos 21 anos, brasileiras, residentes e domiciliadas há mais de dois anos na cidade e com atuação comprovada na área cultural onde se inscreveu. Nessa categoria também vale o prazo de inscrição de 22 de julho a 1º de agosto.

Prefeitura imuniza mais de 4,6 mil agendados nesta quinta-feira (17) no UTC e na Arena Sabiazinho

Cadastro já está aberto para os trabalhadores da educação do ensino superior no Portal da Prefeitura

Fotos: Cleiton Borges – Secretaria Municipal de Governo e Comunicação/PMU

Servidores da rede municipal de saúde mais uma vez se empenharam na força-tarefa de vacinação contra Covid-19 e vacinaram 4.692 pessoas nos ginásios do UTC e na Arena Sabiazinho nesta quinta-feira (17). Foram convocados os profissionais da educação do ensino infantil, fundamental e médio, gestantes e puérperas (mulheres no pós-parto até 45 dias), pessoas com comorbidades, com deficiência (com ou sem Benefício de Prestação Continuada – BPC) e o público em geral com idade entre 58 e 59 anos, todos previamente agendados.

Além da massiva imunização de hoje, a Prefeitura abriu também o cadastro dos trabalhadores da educação do ensino superior. O cadastro é feito no Portal da Prefeitura. Além disso, também já está disponível um local para solicitar o reagendamento para quem não conseguiu comparecer à convocação.

Cronograma para sexta-feira (18)

De acordo o Plano Nacional de Imunização (PNI), do Ministério da Saúde, serão imunizados: profissionais da educação do ensino infantil, fundamental e médio, gestantes e puérperas (mulheres no pós-parto até 45 dias), pessoas com comorbidades, com deficiência (com ou sem Benefício de Prestação Continuada – BPC), e público em geral com 58 anos.

A vacinação acontecerá na Arena Sabiazinho e no UTC (entradas da Cipriano Del Fávero e Getúlio Vargas). A confirmação do agendamento das pessoas cadastradas é feita por mensagem de texto no celular (SMS), via e-mail para quem optou por preencher o campo no momento do cadastro e também pode ser conferida no Portal da Prefeitura. Devem comparecer aos locais de vacinação somente as pessoas que receberam a confirmação do agendamento.

O Município reforça a necessidade de comparecimento dos convocados. Faltosos somente serão reconvocados quando houver disponibilidade de doses sem prejuízo ao progresso da vacinação. Todo o fluxo do agendamento é pensando na capacidade de atendimento dos pontos de vacinação. Por isso, a Prefeitura de Uberlândia ressalta também a necessidade de as pessoas respeitarem o horário e local do agendamento para evitar a formação de filas.