Ivan Santos*

O vírus Covid 19 é uma das pragas que de tempos em tempos surgem no mundo com origem desconhecida. Os politiqueiros nos Estados Unidos, liderados pelo nacionalista Donald Trump e no Brasil pelo Capitão Mito liberal Bolsonaro, insinuam que o vírus é chinês. Há até quem diga que gerado num laboratório da China para destruir a economia do mundo para transformar a China na maior potência comercial da Terra. Há muita especulação politiqueira nessa contenda.
Nesta semana, virologistas espanhóis anunciaram na Europa que encontraram vestígios do novo coronavírus em uma amostra de água residual coletada em Barcelona em março de 2019. A data mencionada foi há nove meses antes da identificação do Covid 19 na China. Esta informação foi anunciada por cientistas e pesquisadores da Universidade de Barcelona na última sexta-feira.
O surpreendente anúncio feito por cientistas espanhóis, se for confirmado e certificado por outros centros de pesquisas na Europa, Estados Unidose do resto do mundo, desmanchará a teoria politiqueira, segundo a qual o DNA do Covid 19 está na China. Foi lá que o vírus teria sido identificado e anunciado pela primeira vez, mas os espanhóis agora dizem que ele foi visto na Espanha antes do aparecimento na China.
A Universidade de Barcelona informou à imprensa da Europa que seus pesquisadores estavam a testar águas residuais desde meados de abril do ano atrasado para descobrir possíveis novos surtos de doenças viróticas e ao decidirem executar teses em amostras de materiais mais antigos descobriram que o vírus estava presente na cidade da Catalunha no dia 15 de janeiro de 2020, 41 dias antes de o primeiro caso ser relatado lá. Em seguida realizaram testes em amostras colhidas entre janeiro de 2018 e setembro de 2019. Nos testes os pesquisadores encontraram a presença do genoma do Coronavírus em um dos materiais coletados em 12 de março de 2019. A pesquisa, segundo informou o jornal espanhol El País foi enviada para uma revisão por outros cientistas espanhóis e de outros países. O pesquisador espanhol Joan Ramon Villalbi, da Sociedade Espanhola de Saúde Pública e Administração Sanitária, disse à Agência Inglesa de Notícias Reuters que ainda é cedo para tirar conclusões definitivas sobre o aparecimento do Covid 19.
A realidade indica que o vírus que ameaça a população mundial e desorganiza a produção e a distribuição tradicionais de bens econômicos, chegou no Brasil pra ficar. O governo e os brasileiros terão que mudar os hábitos de vida e encontrar meios de defesa para com possam conviver com ele. Achar rapidamente uma vacina é uma das providências mais objetivas e urgentes. Discutir a nacionalidade do vírus ou especular sobre se ele brotou em a natureza ou foi criado criminosamente em um laboratório com nada contribui para livrar as pessoas da pandemia.

*Jornalista

Free WordPress Themes, Free Android Games