José Carlos Nunes Barreto*

” Aquele que leva a preciosa semente, andando e chorando, voltará, sem dúvida com alegria, trazendo os seus molhos” Salomão em Salmos 126:6

Crise se escreve na China da mesma maneira que oportunidade. Impressiona ver o tamanho do esquema montado pelo PT para desviar recursos públicos nos seus últimos governos, mostrados através das delações premiadas da Lava Jato, aí incluído o de Temer. Mesmo aqueles que participaram das denúncias, não sabiam de tudo, desde a época do valerioduto do mensalão.

Algumas delações sequer foram divulgadas pela extrema imprensa, como a do ex- ministro Pallocci, e a do ex -governador do Rio, Cabral, que revelam crimes de altos figurões do judiciário e da imprensa… O banco Oportunnity de Daniel Dantas, foi o responsável por dois terços dos recursos escusos que movimentaram o mensalão , mas o STF não permitiu que se abrisse o “hard disk” do computador do seu proprietário, ancorado por poderosas bancas de advocacia, pagas como são agora, com elevadas somas de dinheiro sujo.

No Petrolão, os recursos foram infinitamente maiores, tendo chegado a casa dos 3 trilhões de reais, e o banco utilizado foi o BNDES ligado diretamente ao Tesouro nacional, e a delinquência estava instalada na cadeira presidencial , cujo ocupante à época,o sr Lula da Silva, ainda responde na justiça por seus crimes. Pois este estado da arte, fez com que os brasileiros optassem por um governo limpo, e comandado por quem não rouba. E por isso elegemos JB. Como nada é perfeito, o homem tem na comunicação com as massas seu principal tendão de aquiles, pois apesar de um bom time, com elevadas competências, apesar de não roubar, e procurar se guiar por espírito público, tem sido descuidado na comunicação não planejada. E isso tem gerado semanalmente crises, exacerbadas pela oposição das mídias tradicionais, que são exímias em execrar a pessoa do presidente, como forma de revanche ou terceiro turno eleitoral.

Como se nada disso bastasse , temos agora a maior emergência sanitária dos tempos modernos com a chegada da pandemia do corona vírus – COVID 19, que já infectou milhões de pessoas no mundo todo e matou dezenas de milhares. E ao invés de no Brasil, governo e oposição cerrarem fileiras contra o anjo da morte, que já levou cerca de 350 brasileiros, em plena curva exponencial para os próximas semanas, brigam por uso das metodologias de quarentena, horizontal (governadores da oposição ) ou vertical-presidente-(só para idosos ou para quem tem comorbidades). Diferente de outros países, que passaram por isso , como França, Coreia do sul , e mesmo China.

Dá, um frio na alma ver Paris , Nova York e Roma vazias, São Paulo também. Todavia não temos outra forma de evitar contaminações a não ser com a quarentena, e todos os protocolos de lavagem de mãos, higienização de objetos usados, além do adequado uso de máscaras e álcool gel. Nunca mais seremos os mesmos, depois desta crise sanitária. A imagem de novas covas abertas em SP, e dos caixões de idosos, sendo levados ao crematório na Itália, nos mostram , em pleno isolamento , que desta vez, como ensinou o salmista, apesar de estarmos caminhando e chorando, ao semear , ainda não sabemos quando teremos a colheita de saúde, abraços , alegria e paz.

*Pós Doutor e Sócio da DEBATEF Consultoria

Free WordPress Themes, Free Android Games