Prefeito Odelmo recebe jovens de startups

Fotos: Marco Crepaldi/SecomPMU

O prefeito Odelmo Leão recebeu, na última sexta-feira (23), representantes de duas startups voltadas para o mercado agrícola em Uberlândia. As empresas apresentaram ao líder do Executivo municipal as propostas das duas iniciativas e os benefícios que podem trazer a cidade. Os secretários de Desenvolvimento Econômico, Inovação e Turismo, Dilson Dalpiaz, e de Agropecuária, Abastecimento e Distritos, Walkíria Naves, também acompanharam o encontro.
A Nagro, que vai participar do programa de aceleração de crescimento do Google, é uma startup que quer reduzir de seis meses para um mês a liberação do crédito agrícola, conferindo mais tranquilidade para os produtores que necessitam financiar sua safra. “Queremos que eles se preocupem em fazer o que sabem, que é produzir, e não percam tempo correndo atrás de documentação e de crédito. O objetivo é atender a demanda e melhorar a rentabilidade dos produtores. Acreditamos que, com isso, traremos muitos benefícios para Uberlândia”, disse o sócio fundador da startup, Gustavo Antônio Alves.
Já a startup Compra Natural é a vencedora do evento Startup Weekend, que aconteceu no início de junho em Uberlândia. A iniciativa propõe ser o elo entre os produtores de alimentos orgânicos e a mesa das pessoas que se interessam em ter uma alimentação mais saudável. Assim, os produtores conseguem aumentar a produção e vender com preços melhores, enquanto os consumidores poderem adquirir melhores produtos com valores mais acessíveis.
“Uma das ações que a plataforma pretende fazer é ofertar esses produtos por meio de cestas. Assim, o consumidor faz uma assinatura e recebe a cesta montada com os produtos sazonais, já que vários hortifrutis não têm produção durante todo o ano”, afirmou o co-fundador da Compra Natural, Silas Lopes.

Futuras parcerias

O prefeito Odelmo Leão parabenizou os jovens idealizadores das startups. “São iniciativas promissoras dentro do agronegócio e que podem beneficiar muito os produtores. Nós estamos abertos a tudo que é moderno e a Prefeitura de Uberlândia sempre vai apoiar iniciativas voltadas à inovação”, enfatizou Odelmo Leão.
A secretária de Agropecuária, Abastecimento e Distritos, Walkíria Naves, já convidou as duas startups para um próximo passo. “São ideias muito boas e que vai facilitar a vida tanto dos produtores quanto dos consumidores. Vamos nos reunir novamente e firmar uma parceria de cooperação. Ajudá-los com nossos conhecimentos e também na ligação com os produtores que temos cadastrados”, explicou.

Formação continuada em Uberlândia

Novo formato da formação continuada será apresentado na segunda-feira (26).
Cursos foram atualizados para melhor atender a educação municipal. A Secretaria Municipal de Educação (SME) apresenta na segunda-feira (26) as mudanças promovidas na formação continuada, que agora trabalha no lema “Saberes e Fazeres na Educação”. Os cursos foram atualizados para contribuir com um melhor processo de ensino e de aprendizagem na rede municipal de ensino. O evento será às 18h, no Centro Municipal de Estudos e Projetos Educacionais Julieta Diniz (Cemepe) na avenida Professor José Inácio de Souza, 1.958, bairro Brasil.
As mudanças refletem uma nova metodologia pedagógica dos cursos, que agora estão mais abrangentes e diversificados. Segundo a assessora pedagógica da Secretaria Municipal de Educação (SME), Rosana Torquete, a nova formação continuada atende profissionais que atuam desde os primeiros anos da educação infantil até a conclusão do ensino fundamental. “Elaboramos uma grade diferenciada para cada segmento. Assim contemplaremos todos os servidores”, disse.
Inicialmente, os cursos ofertados terão 30 horas de duração, sendo que cada participante poderá escolher o tema de seu interesse. As aulas serão mensais (de junho até novembro deste ano) e ministradas por profissionais da Prefeitura ou convidados.
Para se chegar ao novo formato, a assessoria pedagógica da SME foi reorganizada entre os meses de janeiro e fevereiro. Agora, uma equipe atua no Cemepe e atende demandas relativas à orientação e capacitação. Outro grupo visita escolas e faz levantamentos de sugestões e necessidades, além da observar as experiências vividas pelos profissionais nas unidades de ensino. Posteriormente, os grupos se reúnem para desenvolver projetos, entender os desafios e colocar iniciativas em prática com foco na melhoria dos processos na rede municipal. Nos meses de março e abril, ocorreram aplicações de diagnósticos institucionais para levantamentos. Já em maio, a estrutura da formação continuada foi refeita e começará a ser aplicada a partir de agora.

Formações mensais

O Cemepe oferece ainda outras formações continuadas em encontros mensais e segmentados para cada classe profissional.

Prefeitura poda árvores da Praça Tubal Vilela

Foto: Cleiton Borges/SecomPMU

Equipes estão no local neste sábado (24) desde às 7h. O trânsito foi interditado para a realização do serviçoHoje as equipes da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbanístico estão na praça Tubal Vilela para realizar mais uma etapa do serviço de poda nas árvores do local. O trabalho começou na semana passada às margens da rua Olegário Maciel e da avenida Floriano Peixoto. Agora, a ação é executada no lado da praça que fica na rua Duque de Caxias e na avenida Floriano Peixoto desde às 7h.
A ação faz parte do projeto de revitalização do local e está sendo feita aos finais de semana para não causar transtornos às pessoas que circulam na praça e aos veículos que transitam nas vias do entorno. Na primeira etapa, foi removido o equivalente a 14 caminhões de material lenhoso e folhoso da Tubal Vilela. A expectativa é que neste sábado, o dobro de folhas e troncos seja retirado.
Serão necessários guindaste e caminhão munck para realizar as podas de árvores que estão prejudicando a iluminação e que poderiam afetar também estruturas de dois prédios na localidade. De acordo com Anderson Alves de Paula, assessor técnico de Meio Ambiente da prefeitura, a última fase do serviço acontecerá na próxima semana.
“No dia primeiro de julho, vamos podar as árvores às margens da avenida Afonso Pena, entre ruas Olegário Maciel e Duque de Caxias. O serviço vai conferir mais segurança aqueles que passam pela praça ao melhorar a claridade, dar mais visibilidade às câmeras de videomonitoramento e às placas de sinalização. O trabalho também evita que os galhos secos sejam derrubados pelos ventos que devem ser mais fortes nos próximos meses”, explicou.

“Meu ônibus meu ofício” leva curso ao Residencial Pequis

Foto Divulgação

Os ônibus itinerantes Meu Ofício continuam percorrendo os bairros do Município. O primeiro lugar a receber o projeto em 2017 foi o Prosperidade (onde está sendo oferecido o curso de Informática Básica) e o segundo veículo está no bairro Canaã (com a capacitação de Auxiliar Administrativo). Agora é a vez do carro adaptado estacionar no residencial Pequis.
As inscrições iniciam na segunda-feira (26) e podem ser feitas das 13h às 17h, na rua Cachorro do Mato, nº 300, ao lado da Emei Professora Margareth Guitarra Crozara. As aulas iniciam no dia 03 de julho.
Serão disponibilizadas 45 (quarenta e cinco) vagas, sendo 15 (quinze) por turma. Os interessados devem ter mais de 16 anos, nível de escolaridade compatível com a especificidade do curso e renda familiar de até três (3) salários mínimos. Os documentos necessários para fazer a inscrição são: carteira de identidade, CPF, comprovantes de endereço e de renda familiar.

.
Capacitação em toda Uberlândia

O programa Ônibus Itinerante Meu Ofício foi implantado com estrutura adaptada para levar aos bairros periféricos de Uberlândia, conhecimento e capacitação. O seu objetivo é qualificar jovens e adultos de baixa renda e disponibilizar cursos profissionalizantes em sua própria comunidade.
“Estão sendo capacitadas sessenta e cinco pessoas e mais quarenta e cinco vagas serão abertas. O ônibus é importante porque ele leva os cursos a quem mais precisa dele. E é através da qualificação e requalificação profissional que esses jovens e adultos terão a possibilidade de inserção no mercado de trabalho”, explicou Iracema Marques, secretária de Desenvolvimento Social, Trabalho e Habitação.

Participe!

Curso: Informática Básica

Inscrições

Período: A partir de 26/06
Horário: 13h às 17h
De segunda a sexta-feira
Local: Rua Cachorro do Mato, nº 300,bairro Residencial Pequis, ao lado da Emei Professora Margareth Guitarra Crozara.

Período: 03/07 a 01/09

Horários: 13h às 14h30
14h30 h às 16h
16h às 17h30

Dias: segunda-feira a sexta-feira
Vagas: 45 (sendo, 15 por turma)

Estudantes visitam empresa de call center

Fotos: Marco Crepaldi/SecomPMU

Ontem, 30 jovens e adultos que participam do curso ‘Atendimento ao Cliente e Técnicas de Vendas’, oferecido no Centro Profissionalizante Lagoinha, puderam aprender na prática qual a dinâmica de trabalho do setor enquanto visitaram a sede da Callink. A ação faz parte da parceria entre a Prefeitura de Uberlândia e a empresa que atua na área de contact center.
Depois de completarem a carga horária (20 horas) exigida pelo curso, os participantes interessados puderam ainda passar por um processo seletivo na Callink. Além da entrevista, conheceram as dependências da empresa.
“Por ser um curso de atendimento ao cliente e técnicas de vendas, achamos importante que eles venham até a empresa para conhecer isso na prática. Essa parceria com a Prefeitura de Uberlândia foi muito importante, já que o objetivo do curso é capacitar a população para o mercado de trabalho”, contou Delaine Kaline Silva Melo, analista de RH da Callink.

Arnaldo trabalha para restabelecer atendimento do Ipsemg em Uberlândia

Na audiência pública na Assembleia Legislativa (ALMG) realizada, na quarta-feira (21/6) para solucionar a falta de atendimento hospitalar para os beneficiários do Ipsemg que residem em Uberlândia e região, o deputado Arnaldo Silva presidiu a reunião que ocorreu na Comissão de Administração Pública. Ao todo, cerca de 40 mil pessoas foram afetadas pelo problema que já se arrasta há um ano e meio. Somente em Uberlândia são 17 mil. Alguns serviços estão sendo oferecidos em clínicas médicas. Mas os atendimentos de urgência e emergência continuam paralisados.
Há um ano e meio, quando o problema começou, o deputado Arnaldo vem lutando para buscar acordos para normalizar a situação e fazer com que o Ipsemg firme parcerias com hospitais locais. Ele se reuniu várias vezes com o presidente do Ipsemg, Hugo Vocurca Teixeira, e também com a direção de alguns hospitais de Uberlândia.
A boa notícia veio pelo diretor-presidente do Hospital Santa Catarina, Placidino Stábile de Oliveira, que a entidade será reaberta e atenderá o Ipsemg. “Prevemos que o hospital retome suas atividades dentro de 60 dias. Faremos obras de adequação e vamos começar a atender, inclusive pelo Ipsemg, apesar da tabela deles não nos atender na totalidade”, enfatizou. IPSEMG – O presidente do Ipsemg, Hugo Vocurca Teixeira, disse que o problema é complexo, pois há um limite na negociação dos valores da tabela de repasses que o governo pode fazer. “O Ipsemg gasta mais em Uberlândia do que em outras cidades. A culpa disso não é dos hospitais apenas, mas materiais hospitalares em Uberlândia custam mais caro que em outras regiões do país. Se a Assembleia nos ajudasse a entender e interferisse nisso já seria um bom início de caminhada”, propôs.
O promotor de Justiça da 3ª Promotoria de Justiça da Comarca de Uberlândia, Fernando Rodrigues Martins, pediu a construção de um hospital do Ipsemg na cidade e disse que o sistema da Previdência e da Saúde deveriam ter sido separados, pois são muito complexos para serem sustentados juntos.
RESULTADO – Na audiência pública foi aprovado um requerimento para uma reunião, desta vez em Uberlândia, na Câmara Municipal. Além dos deputados estaduais, também serão convidados o deputado federal Weliton Prado, dirigentes do Ipsemg, dirigentes de hospitais privados de Uberlândia e representantes dos servidores públicos estaduais. (informações da jornalista Janaína Masssote).

Free WordPress Themes, Free Android Games