“Proteção social”

No tocante à reforma da previdência , vejo com uma certa insistência um general dizer que os militares não têm aposentadoria e sim proteção social. Qual a diferença ? Sinceramente não entendi. Conversei com muitas pessoas, inclusive militares, e a conclusão que cheguei e que se trata de um sofisma. O art 5º da Constituição deixa claro que todos são iguais perante a lei. Ou não ? Acho que nem o Guedes entendeu.

Iria de Sá Dodde – Professora



Reformas

          “Quando será que nossos políticos votarão as reformas necessárias e urgentes, para que deixemos de ser um país e nos tornemos uma Nação?”

Tania Tavares – Professora

Michel Temer na cadeia

Paulo Panossian*

Michel Temer, é o sexto ex-presidente preso na história do Brasil (nem todos por corrupção). E esta prisão ocorre em meio a um primeiro trimestre de 2019, cercado, infelizmente, de tristes episódios no País!  E nesta fase da Lava Jato, como da “Operação Radioatividade”, além de Temer, e do ex-ministro Moreira Franco (sogro de Rodrigo Maia) o juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal do Rio, autorizou a Polícia Federal, a cumprir também outros oito mandatos de prisão!  Porém, passados cinco anos do inicio das investigações da Lava Jato, com centenas de personalidades publicas condenadas e presas, parece não ter fim esta luta na tentativa de passar a limpo o Brasil. Já que, não cessam as  prisões literalmente de corruptos, e traidores da Pátria, como também é Lula da Silva.  E pelos relatos dos membros do MP e da PF, sobre esta operação, que chamam de organização criminosa liderada por Michel Temer, indica que desviaram nestes últimos anos estonteantes R$ 1,8 bilhão, através de propinas. Ou, o equivalente a quase 2 milhões de salários mínimos…

CHILIQUE DE RODRIGO MAIA

Ato lamentável foi a conduta, digo, rasteira, do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) que se insurgiu desrespeitosamente contra o ministro da justiça Sérgio Moro, ao desqualificar, o que  até elogiou, como do pacote de segurança pública enviado ao Parlamento.  Esse chilique de Maia, ocorreu porque Moro, lhe solicitou que ao seu projeto fosse dado andamento simultâneo com o da reforma da Previdência.  Mesmo que, essa sugestão seja inviável, em função de atrapalhar a mais esperada das reformas, Maia, não precisaria ser grotesco, quando afirma que o projeto de Moro, é uma “copia, ou cola”, do projeto desenvolvido pelo ministro do STF, Alexandre Morais. E mais, que Moro, como “funcionário” do governo, não poderia fazer essa solicitação direta, mas, através do presidente Bolsonaro, já que, é quem deve dialogar com o presidente da Câmara. Lamentável! Parece não estar fazendo bem a Rodrigo Maia, os elogios que recebe pela sua atuação no Parlamento!  Já que, pelo jeito anda de “salto alto”…  E esta soberba na vida pública, é um salto perfeito para decadência…  

REFLEXÃO PARA BOLSONARO

Faria bem ao presidente Jair Bolsonaro (PSL-RJ) não desprezar as pesquisas de opinião, como esta divulgada pelo Ibope, que indica uma queda na avaliação do governo de 15 pontos! Ou seja, de 49% de ótimo/bom em janeiro caiu para 34%.  E, em comparação a avaliação no mesmo período de um trimestre de gestão dos governos de FHC, Lula, e Dilma, o do Bolsonaro, tem o pior resultado.   Por enquanto nada desabonador, porém, preocupante. Lógico que, a pesquisa de opinião realizada pelos institutos reflete o presente!  Mas, uma tendência, que deveria preocupar o nosso presidente. E conhecendo eleitores que apostam muito no sucesso de Bolsonaro, assim como desejo também, muitos já estão desapontados, não com os projetos para área econômica, ou outras. Mas, com as trapalhadas, que geraram crises tolas e até infantis patrocinadas pelos filhos, e até pelo próprio presidente. E também, por alguns poucos, é verdade, mas, incompetentes ministros que indicou.  E inteligente que é, Bolsonaro, deveria descer degraus, esquecer seus bajuladores, e humildemente analisar as criticas que recebe, que fará muito bem ao Brasil. É o que se espera…

*Jornalista – paulopanossian@hotmail.com

Dívida impagável

Paulo Henrique Coimbra de Oliveira* 13:23 (h

Vendo e estudando relatórios das autoridades monetárias verifiquei que a dívida pública interna é de 3,877 trilhões de reais. Em dezembro de 1994 a mesma dívida era de 108 bilhões de reais. Ela multiplicou  35,89 vezes. A inflação no mesmo período evoluiu 3,809 vezes. A dívida cresceu 9,42 vezes a inflação. Não há que acrescer juros pois estes foram teoricamente pagos. Nossos ministros da fazenda, secretários do tesouro, presidentes de Banco Central e outras autoridades monetárias além de economistas formados por faculdades de renome, fizeram mestrado e doutorado dentre outras em Harvard, Berkeley, Chicago, Stanford, Yale etc. Creio que esta inflação se deu por excesso de estudos. Em comum todos estão muito ricos. E o Brasil pobre pobre de marre de si. Não dá para entender.

A LAMA DE BRUMADINHO

 Pessoas de passado nebuloso , medíocres e inexpressivos politicamente galgam o poder sem muito esforço e sempre a serviço da patifaria.  Exemplos gritantes são os chefes do Legislativo e do Judiciário. Os primeiros com votações pífias, inferiores até de vereadores mais votados ocupando importantes postos e o outro, sem expressão nenhuma no mundo jurídico no mais alto posto do Judiciário. Abrem a boca e parecem que estão jogando lama tal qual Brumadinho . Só que invés de rejeitos minerais é pura matéria orgânica em decomposição . Até quando teremos que aturar isto ?

*Economista

TSE inútil

 TSE inútil Realizei pesquisas e descobri que o único lugar no mundo onde existe justiça eleitoral é no Brasil. E para que serve? Acho que nem seus componentes sabem. Talvez para melhorarem seus rendimentos. Sentenças ininteligíveis ao cidadão comum, assim como eu. Condenações pífias, despropositadas. Então a atual decisão do STF me pareceu que querem tão somente livrar suas caras. Sair do foco da mídia e usam o TSE como um braço para fazer qualquer coisa menos justiça.

Iria de Sá Dodde

Professora

Brasil parado na Educação

Paulo Panossian*

A impressão que dá é que o presidente Jair Bolsonaro, se lixa para melhora da educação no País!  E que, por pressão da bancada evangélica deixou de nomear um reconhecido especialista em educação como da Fundação Ayrton Senna, Mozart Neves Ramos, para indicar um obscuro Ricardo Veléz Rodrigues, que não disse até aqui a que veio.  Além, de o presidente manter o incendiário guru seu, Olavo de Carvalho, especialista em destruir reputações, influente neste ministério. E, em outra pressão da bancada evangélica aceita a indicação de Iolene Lima, para secretária executiva no MEC. Como claro lampejo de mais um retrocesso… Porque Iolene, já defendeu que o ensino no Brasil deveria ser baseado na palavra de Deus!  O que é lamentável! Aliás, esse governo precisa parar de usar o nome de Deus, em vão! E Deus, deveria ser visto como sinônimo de paz, justiça, trabalho, produtividade, educação, e bem estar! E que espera que seus filhos trabalhem sem fantasias para tentar encobrir suas incompetências… É o que se vê hoje na direção do MEC!  É bom lembrar que a Coreia do Sul, melhorou nos últimos quase 50 anos a qualidade do ensino, longe destas baboseiras que constam na agenda de Iolene Lima. E, sem essa visão retrograda também o Chile e a China, evoluíram muito na área de educação! E Brasil tem pressa para educar seus filhos, e sair urgente, desta humilhante 59º posição, infelizmente, entre 70 países, na qualidade do ensino, como indica a última edição PISA…

BOLSONARO FELIZ NOS EUA

Confesso: o que mais me surpreendeu neste evento oficial do governo brasileiro em visita a Casa Branca, foi do presidente Jair Bolsonaro, finalmente, ter concedido e de forma até descontraída uma entrevista coletiva aos jornalistas brasileiros!   Para Bolsonaro, que diz que odeia a imprensa que o critica é um tremendo avanço… Mesmo porque, presidente que não respeita a imprensa, e não convive bem com as criticas não pode, ou não tem capacidade também de realizar uma boa gestão.  Já que, não será pelo twitter, que o povo brasileiro vai tirar suas conclusões sobre a atuação do governo. E nem participar dos debates desenvolvidos pelos formadores de opinião, no qual, somente a imprensa de forma incansável é capaz de abrir este importante espaço democrático.  E o apoio, que, hoje, a reforma da Previdência tem de mais de 50% da população, jamais seria possível se informado sobre o projeto pelo minúsculo espaço do twitter. Como de forma excessiva, até inconsequente e improdutiva é utilizado pelo nosso presidente.  Oxalá, Jair Bolsonaro, tenha coragem, e a atitude republicana, de conceder entrevistas a nossa imprensa, que certamente, estará muito mais próximo do povo, e de seu eleitorado. Ganha o governo, e o Brasil. E sobre a visita oficial aos EUA, com alguns importantes acordos firmados, e promessas de lealdade entre os governos, o presidente Bolsonaro não escondeu sua felicidade de estar na Casa Branca!  Que espero, tenha sido motivado por estar visitando o governo da maior democracia do mundo! E não por estar ao lado do seu ídolo Donald Trump, de decisões intempestivas e até investigado, entre outras ações, como cumplice de fake News, que o favoreceu na sua campanha eleitoral…   

PROMESSA CUMPRIDA

O governo, com a garantia da equipe econômica, cumpriu a promessa de enviar ao Congresso, neste dia 20 de março, o projeto da reforma dos militares que resultará uma economia aos cofres públicos R$ 10,44 bilhões em 10 anos.  E o próprio presidente Jair Bolsonaro, de volta dos EUA, fez questão de entregar pessoalmente o projeto na Câmara.  E para um Congresso, que assumiu a nova legislatura somente há 50 dias, o Planalto, até que foi ligeiro na apresentação ao Congresso, da sua importante proposta de reforma da Previdência!   Portanto, não tem desculpa! A hora é do nosso Parlamento, demonstrar interesse, e eficiência para aprovar celeremente esta reforma! E, finalmente, propiciar ao País, a recuperação do equilíbrio nas contas públicas, crescimento do PIB, capacidade de alavancar investimentos, com consequente criação de empregos e distribuição de renda!

DILMA USURPADORA

Cada ex-presidente vivo no Brasil, tem direito a oito funcionários, carros e gastos até de viagens ao exterior bancado pelos contribuintes. E, como praxe nesta terra tupiniquim, não falta abuso… Exemplo, enquanto Fernando Henrique Cardoso, mandou uma fatura de R$ 41 mil, de gastos em 2018, a ex-presidente que quebrou o País, e é investigada na Lava Jato, a Dilma Rousseff, gastou R$ 632 mil, ou, (fora o salário que tem) mais quase R$ 53 mil por mês, do surrado dinheiro do trabalhador brasileiro. O Lula, somente até inicio de abril de 2018, em que foi preso, já havia gasto R$ 119 mil. E se não fosse um presidiário, nesta proporção em 12 meses, teria gasto quase R$ 500 mil. Outro ex-presidente, que nada representou para o País, o hoje senador Fernando Collor, gastou R$ 306 mil. E o velho José Sarney outros R$ 158 mil. Espero que esta farra de gastos tenha um fim…

NO CRAVO E NA FERRADURA

O presidente Jair Bolsonaro (PSL-RJ) acerta no cravo, quando dispensa visto para turistas dos EUA, Austrália, Canadá e Japão. Já que, morando em países desenvolvidos esses turistas viajam ao nosso País, a laser e a negócios. Essa decisão certamente poderá aumentar a vinda de turistas ao nosso País, que é baixa, propiciando mais renda, empregos, e investimentos na área. E outro evento que é bom para o Brasil, assinado nesta visita do presidente a Casa Branca, recepcionado que foi por Donald Trump, é o do acordo para que os EUA, use a base de Alcantra, no Maranhão, para lançamentos de foguetes e misseis.  Porém, infelizmente também dá na ferradura, quando Bolsonaro faz uma declaração no mínimo infeliz, ou mais para bajular o imprevisível Trump, dizendo ser a favor da construção do muro com o México, porque “a maioria dos imigrantes não tem boas intenções e nem querem fazer bem aos americanos”.  O nosso presidente, sempre afoito, deveria saber, que os imigrantes legais e ilegais nos EUA, produzem e alavancam sua economia em mais de US$ 1 trilhão, por ano, ou quase R$ 4 trilhões, ou 60% do PIB brasileiro. Ou seja, a maioria quer morar nos EUA, para trabalhar e criar seus filhos dando lhes boa educação. E orgulhosamente, esses mesmos imigrantes em eventos nacionais carregam pelas ruas a bandeira do Tio Sam. Aliás, da mesma forma que os meus pais, e do próprio Bolsonaro, e de outros milhões de imigrantes que vieram ao Brasil, atrás de oportunidade, muito ajudaram, e continuam ajudando a desenvolver o nosso Brasil. Ou, será que o nosso presidente também está pensando criar um muro com a Venezuela?!

*Jornalista – paulopanossian@hotmail.com

Free WordPress Themes, Free Android Games