Marília Alves Cunha*

Fernando Gabeira, jornalista, teve passagens pelo Partido Verde, que ajudou a fundar e pelo PT, com o qual rompeu. Desprovido hoje de pudores ideológicos, assim falou quando perguntado sobre os acertos da campanha de Bolsonaro:
“ Sua vitória afirmou três pontos. Primeiro foi uma grande crítica ao sistema político. Bolsonaro representa uma forma de virar a mesa. Depois uma possibilidade de luta contra a corrupção. E, finalmente , uma política de segurança pública eficaz. Bolsonaro apenas apresentou essas ideias com mais ênfase e de forma mais clara para o entendimento popular.”
Parece que Gabeira não estava errado quando apontou estes destaques na campanha bolsonarista. E hoje, vemos que o presidente tem feito o possível para tornar realidade seus projetos. Nomeou pessoas categorizadas para ocupar os Ministérios, sem o aparelhamento e indicações nada republicanas que se faziam presentes em governos anteriores. Tenta fazer as reformas necessárias para que o país possa seguir rumo ao desenvolvimento, o que não é fácil, haja vista que nenhum outro presidente se atreveu a fazer nenhuma. Envia ao Congresso medidas importantes para o combate á corrupção e ao crime organizado. Infelizmente seus planos são logrados ou desidratados por um Congresso disposto a não colaborar e no qual o governo de coalizão só se dará quando o legislativo impuser sua força, num desrespeito extraordinário a outro poder. O Judiciário, representado pelo STF e Congresso Nacional, atualmente, se lançam ao trabalho diuturno e árduo de desmoralizar o presidente e retomar o status quo anterior…A impressão que eu tenho ( minha opinião)é que existe, por parte dos opositores um medo grande do governo Bolsonaro dar certo. Se acontecer isto, o que será deles???

*Educadora e escritora – Uberlândia – MG

Free WordPress Themes, Free Android Games