Sou favorável que haja cortes na educação, mas apenas nos salários dos reitores. Feito isto poderíamos cortar as lagostas e mordomias do STF, STJ, TCU, TCEs, TCMs, TJs e os altos salários da Petrobras, BB e outras entidades ligadas direta ou indiretamente aos governos de todos os níveis. Na sequencia acabar com todos os cargos em comissão nos governos e principalmente no Legislativo. Feito isto sobraria dinheiro para educação e ainda poderia se pagar a bolsa família dos milhares que seriam demitidos com as propostas citadas.

Iria de Sá Dodde
Professora

Free WordPress Themes, Free Android Games