Secom/PMU

A tarifa social, concedida pelo Departamento Municipal de Água e Esgoto (Dmae), já beneficia 1,4 mil pessoas em Uberlândia. A isenção é oferecida a famílias de baixa renda no pagamento das tarifas de água e esgoto e pode ser uma grande ajuda para pessoas como a aposentada Iracy Martins Borges, de 72 anos.
Moradora do bairro Martins, dona Iracy conta com a gratuidade há três anos e a economia se tornou um auxílio importante nas despesas de casa. “Sobra mais para as compras do supermercado e pagar a farmácia”, relata.

Como obter o benefício

Para ter direito à tarifa social, é preciso estar cadastrado no programa social Bolsa Família e consumir até 20 mil litros de água por mês e renda mensal limitada a dois salários mínimos. Pessoas que têm doença grave ou deficiência irreversível que as tornam inaptas ao trabalho são consideradas prioridade na concessão da tarifa social.
As famílias que se encaixam no perfil e desejam requerer a isenção precisam realizar o cadastro na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, Trabalho e Habitação localizada no prédio administrativo da Prefeitura, na avenida Anselmo Alves dos Santos, 600, no bairro Santa Mônica.
É possível requerer o benefício também em uma das unidades do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), disponíveis nos bairros Morumbi, São Jorge, Jardim Célia, Mansour, Custódio Pereira, Jardim Brasília, Shopping Park, Marta Helena e Campo Alegre e no distrito de Tapuirama.

Free WordPress Themes, Free Android Games