Daniel Marques*

Péssima escolha para o Ministério da agricultura do presidente
Bolsonaro justamente a conhecida “musa do veneno”, deputada Teresa
Cristina que atuou no Projeto de Lei 6299 que flexibiliza o uso de
agrotóxicos no Brasil. tal projeto visa permitir o uso de agrotóxicos
proibidos nos EUA, UE, China e classificados como carcinogênicas,
teratogênicos (malformação de fetos) e mutagênicos. O Brasil já é o
maior consumidor mundial de
agrotóxicos e cada brasileiro consome em média 5 litros de veneno por
ano. Através de um lobby fortíssimo de empresas do setor, buscam
descartar no Brasil os produtos recusados pelos demais países.
Infelizmente nossos agricultores possuem um baixo nível educacional e
desconhecem que os agrotóxicos tornam as pragas mais resistentes,
assim os obrigando a usar cada vez maiores quantidades ou produtos
mais caros e sequer preocupam-se com os danos ambientais e com a
própria saúde. Em última análise o agricultor e o Brasil serão
futuramente punidos ao terem seus produtos barrados para o comércio
exterior quando começarem as análises e descobrirem índices
inaceitáveis de venenos proibidos nos países importadores.

*Historiador

Free WordPress Themes, Free Android Games