Ivan Santos*

A candidatura de deputado Rodrigo Pacheco homologada em convenção do Partido no domingo passado foi desfeita ontem a tarde por decisão do diretório nacional do Democratas. Em consequência desta decisão também a candidatura da senhora Ana Paula Junqueira (PP) a vice-governadora também acabou. Rodrigo Pacheco poderá disputar o Senado para uma vaga de candidato oferecida pelo PSDB e Ana Paula Junqueira vai concorrer a uma cadeira de deputada federal pelo Partido Progressista (DEM. Com a supressão das candidaturas a governador de Márcio Lacerda (PSB) e a de Rodrigo Pacheco (DEM) a sucessão para o Governo do Estado em Minas tende a se radicalizar entre o petista Fernando Pimentel, candidato à reeleição e o ex-governador e senador Antônio Anastasia (PSDB), principal candidato da Oposição ao mesmo cargo. Os partidos DEM e PP vão reforçar a coligação que apoia a candidatura do senador Anastasia. A reviravolta que deixou a disputa pelo Palácio da Liberdade praticamente sem uma terceira via tende a ser plebiscitária entre PT e PSDB. A mudança repentina em Minas foi acertada no final da semana entre o comandado nacional do DEM via deputado Rodrigo Maia, presidente da Câmara Federal e pelo tucano Geraldo Alkmin, candidato à Presidência da República. A intenção foi formar um palanque forte no segundo colégio eleitoral nacional (Minas Gerais) para fortalecer a candidata de Alkmin. O deputado Rodrigo Maia veio ontem à tarde a Belo Horizonte comunicar ao comando estadual do DEM os termos do acordo nacional e convenceu Rodrigo Pacheco a aceitar a candidatura ao Senado deixada vaga no PSDB com a decisão de Aécio Neves de não se candidatar a reeleição. Rodrigo Pacheco, que é jovem, concordou em adiar o projeto de chegar ao Palácio da Liberdade. Com esta decisão de cúpula, o projeto da senhora Ana Paula Junqueira, primeira dama da cidade de Uberlândia, foi alterado e ela deverá concorrer a uma cadeira na Câmara dos Deputados pelo DEM. Com a mudança, o candidato a governador Antônio Anastasia, líder nas pesquisas de intenções de votos, poderá aparecer em melhor posição nos próximos dias. O saudoso mestre Magalhães Pinto tinha razão quando dizia: “política é como nuvem que muda de formato de um instante para o outro”.

*Jornalista

Free WordPress Themes, Free Android Games