Ivan Santos*

O PT já é conhecido em todo o Brasil como Partido Giroastro. É simples: ao seguir os movimentos de um compasso o PT firmou um ponto de apoio no nada absoluto e passou a girar ininterruptamente em torno do Astro Lula da Silva de quem seus líderes recebem calor e luz para falar aos brasileiros um discurso enganoso. Na prática defendem um presidiário condenado por improbidade administrativa para ser um luzeiro-condutor dos destinos da nação brasileira a partir de 2019. Foi o que se viu no espetáculo teatral de ontem em Contagem (MG) quando líderes do PT apareceram num teatro artificial usando máscaras de Lula e com um enfadonho discurso tentaram convencer brasileiros e brasileiras de que o astro petista é um preso político inocente, condenado por juízes algozes a serviço de uma elite exploradora de inocentes trabalhadores. No lançamento da candidatura do PT a Presidente da República, o homem escolhido para guiar o povo brasileiro na travessia do Mar Vermelho rumo ao futuro, não pôde comparecer porque está preso em Curitiba, condenado a cumprir 12 anos e um mês de prisão. Não afirmamos neste espaço que o astro petista é inocente como dizem os comparsas deles. Como cidadão da República confiamos na Justiça do País que condenou o líder petista por improbidade. Se foi um erro judiciário, não sabemos. Confiamos que os tribunais superiores (STJ e STF), se forem provocados se manifestarão sobre o assunto e todos nós, cidadãos do Estado Democrático do Brasil devemos acatar a decisão. O que não rima é o discurso enfadonho dos que defendem um presidiário para candidato a presidente da República num país democrático de direito. O Astro Iluminado escreveu uma carta que foi lida por seus fanáticos seguidores dele, na qual disse que a intenção dele “é para acabar com o sofrimento do povo que sou novamente candidato à Presidência da República”. A carta foi lida pela ex-presidenta que foi expulsa recentemente do governo sob a acusação de incompetência administrativa. Os petistas que estavam no encontro do Partido em Contagem prometeram jocosa e irresponsavelmente que, se Lula deixar a prisão e for eleito presidente da República, “o povo do Brasil vai ser feliz de novo”. Feliz como, senhoras e senhores lulopetistas? Feliz com a saúde destroçada, a educação transformada em ópera bufa, mais de 14 milhões de desempregados, aumento espantoso da pobreza e desilusão até com o futebol que já foi a paixão esportiva da maioria dos viventes desta pátria amada? Brinquem não! O lulopetismo levou o Brasil à bancarrota e quer agora voltar ao poder? Para quê? Para quê, caras pálidas?

*Jornalista

Free WordPress Themes, Free Android Games