Ivan Santos*

A candidatura do senador Antônio Anastasia foi anunciada ontem pelo PSDB, em Contagem. O prefeito de Uberlândia, Odelmo Leão (PP), um dos principais líderes políticos do Triângulo Mineiro esteve lá e declarou apoio ao tucano que já governou Minas. Participaram do lançamento representantes de vários partidos, entre os quais PP, PPS, PSC, PSD, PPS e PTB. Esses partidos já decidiram compor a coligação que apoiará a candidatura da oposição ao Governo do petista Fernando Pimentel. Ao declarar a disposição de disputar o Governo do Estado, o senador Anastasia foi sóbrio no discurso e disse que não fazia nenhuma promessa vazia. Em seguida disse que poderá entrar em negociação com o MDB que apoia o governo petista. O senador Aécio Neves, réu em vários processos no Supremo Tribunal Federal não compareceu ao ato político em Contagem. A jornalistas com quem conversou Anastasia disse: “Essa campanha eu terei a liderança e o comando delegado pelos partidos que estão apoiando minha candidatura. O senador Aécio vai decidir a seu tempo e a sua hora se é candidato ou não. Nós temos que aguardar e respeitar a decisão dele. É natural agora que há muito boato, muita conversa, mas nós vamos trabalhar firme para termos uma pré-candidatura consolidada e depois, se Deus quiser, uma candidatura vitoriosa ao governo”. A candidatura do senador tucano tem a feição de uma decisão sem retorno. Ele precisa correr porque o governador Pimentel já percorre Minas como candidato à reeleição. Hoje de manhã Pimentel está em Uberlândia para anunciar uma obra de iluminação do Bairro Gloria (ex-invasão de uma área da UFU) e inaugurar uma empresa geradora de energia fotovoltaica. Ontem o governador esteve em Capinópolis e Pirajuba. Nesta cidade inaugurou o asfaltamento de trecho de rodovia estadual.

*Jornalista

Free WordPress Themes, Free Android Games