José Carlos Nunes Barreto

“Mais vale uma onça de prevenção, do que uma libra de cura”. Benjamin Franklin

Dia desses revi ,sempre chocado, um vídeo em que os nazistas usam os gazes de escapamento de um caminhão baú fechado , especialmente montado para matar mulheres judias no holocausto, todas nuas, após terem sido subtraídas, até de suas roupas íntimas, que segundo historiadores, teriam sido reutilizadas no “reich”.

Uma indústria de roubo e morte do nazismo, que ao ser combatido, custou a vida de outras dezenas de milhões de pessoas na segunda guerra mundial ,e, prejuízos de alguns trilhões de dólares em patrimônio público ao redor do mundo. Só o plano Marshal, de reconstrução da Europa e Japão, custou cerca de 400 bilhões de dólares, ao financiar a fundo perdido, parte desses custos.

Comparando , com outro escândalo, me pergunto, porque o mundo não deu atenção até hoje, para os quase 3 milhões de trabalhadores que morrem por ano, por causa de acidentes mortais de trabalho, além das 374 milhões de lesões e doenças não fatais, relativas ao trabalho a cada ano: uma catástrofe social tolerada pelo capital ao redor do planeta, e, pelos governos nacionais, o que retardou por mais de 20 anos a publicação de uma norma ISO, para salvaguardar a saúde ,segurança ocupacional(S&SO) de centenas de milhões de trabalhadores, além de provavelmente salvar a vida de outras milhões de pessoas que geram riquezas ao redor do mundo.

Desde a década de 80 a ISO 9001, fornece o Sistema de Gestão da Qualidade(SGQ)- e deste a década de 90 a ISO 14001 estabelece o Sistema de Gestão Ambiental(SGA), que melhoraram o ambiente de produção de bens e serviços, logo uma norma para S&SO era sofregamente aguardada, apesar do mercado ter criado neste período ,como paliativo para este vácuo,a norma OHSAS 18001, que cumpriu valorosamente seu papel.

Todavia a maioria das organizações no mercado se certificam pela ISO ,e a ISO 45001 espera mudar o estado da arte acima descrito, pois ela fornece às agências governamentais , à indústria e à outras partes interessadas, uma orientação eficaz e útil para melhorar a segurança dos trabalhadores em todo mundo, segundo palavras da ABNT, e, por isso, devemos saudar este evento significativo, ocorrido no final do primeiro trimestre de 2018, que é o lançamento da ABNT ISO 45001.

Segundo testemunho de David Smith, presidente do comitê da ISO/PC283 que desenvolveu esta nova norma internacional, esta será uma verdadeira mudança para milhões de trabalhadores.
“Espera-se que a ISO 45001 leve a uma grande transformação de práticas no local de trabalho, e reduza o trágico número de acidentes e doenças, relacionadas ao trabalho em todo o mundo. A nova norma, ajudará as organizações a fornecer um ambiente de trabalho seguro e saudável para os trabalhadores e visitantes, melhorando continuamente a performance de S&SO”

Como engenheiro e consultor, no chão de fábrica por dezenas de anos , esperei por este momento, lutando pela pela própria sobrevivência física, e hoje , como professor de Engenharia de Segurança do Trabalho, divido esta alegria com meus alunos, pois afinal o futuro chegou ,e, vivi para vê-lo .

Professor Doutor e sócio diretor da DEBATEF Consultoria
debatef@debatef.com

Free WordPress Themes, Free Android Games