Ivan Santos*

Convidados pelo empresário Fábio Pergher, estiveram na reunião ordinária da Diretoria da ACIUB, segunda-feira passada, para debater questões políticas, sociais e econômicas, os seguintes vereadores: Alexandre Nogueira (PSD); Hélio Feraz (PSDB; Doca Mastroiano (PR); Márcio Nobre (PDT): Antônio Carrijo (PSDB); Paulo César PC (SD); Felipe Phelps (PSB); Ricardo Santos (PP); Rodi Borges (PR); Roger Dantas (PEN); Thiago Fernandes (PRP); e Wilson Pinheiro (PP). Fábio Pergher, na condição de presidente da ACIUB, no início da reunião, disse que convidou os agentes políticos representantes do povo para com eles discutir o futuro de Uberlândia com geração de renda e pleno emprego para todos. Para isto, disse o presidente da ACIUB: “Nós todos precisamos de ações positivas e responsáveis que melhorem nesta cidade, a produção econômica geradoras de empregos, a saúde, a educação, a segurança e desenvolvem o município em todos os níveis e direções. Para isto precisamos de agentes econômicos conscientes, de políticos comprometidos com o bem-estar social e sintonizados com os centros de decisões na União, no Estado e no Município. Para ajudar o Brasil a crescer com justiça social, segundo Fábio Pergher, os políticos precisam promover reformas que garantam competitividade aos empresários que produzem renda e geram empregos. Neste contexto, segundo Pergher, precisamos que empresários e políticos do município caminhem de mãos dadas para evitar que Uberlândia – uma cidade progressista – caia na estagnação econômica e entre em desordem social decorrente de insegurança. O presidente da Câmara, Alexandre Nogueira, em rápidas palavras descreveu a atuação da atual Câmara de Vereadores que, segundo ele, atua com responsabilidade e respeito ao Orçamento Municipal. Como exemplo ele informou que a Câmara devolveu à Prefeitura R$ no começo deste ano, R$ 3,6 milhões economizados em 2017 que com restos de 2016 somaram R$ 8,1 milhões economizados de despesas permitidas pelo Orçamento do Poder Legislativo. Todos vereadores presentes falaram e relataram serviços e iniciativas que tiverem em favor da população da cidade e em decisões que resultaram em autorizações para facilitar o processo administrativo no Município. O presidente da Câmara, ao dizer que o vereador não tem competência para gastar recursos orçamentários, defendeu a aprovação em nível nacional de novo Pacto Federativo que defina responsabilidades da Federação, dos Estados e dos Municípios com justa distribuição de recursos e de responsabilidades entre todos os entes federados. A reunião foi apenas a primeira, segundo Fábio Pergher, que apelou aos vereadores para um pacto de união de todos em favor de Uberlândia a fim de evitar que a cidade saia da recessão e volte a crescer para garantir a todos neste município, boa qualidade de vida.

*Jornalista

Free WordPress Themes, Free Android Games