Comitiva de Minas em missão na Argentina

Sob coordenação da Sedectes, Numies trabalha na formulação de políticas públicas e parcerias para inserir instituições de ensino mineiras no exterior. Resultados já podem ser vistos na prática.
Minas Gerais é o maior estado brasileiro em número de instituições públicas de ensino superior, sendo 11 federais, duas estaduais, cinco institutos federais e um centro tecnológico. Para expandir esse potencial acadêmico e científico, o Governo do Estado tem feito uma aposta estratégica nas áreas de ciência, inovação e tecnologia. Uma dessas ações foi a criação do Núcleo Mineiro de Internacionalização do Ensino Superior (Numies), coordenado pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sedectes), que agora, com seu regimento interno elaborado, terá seu trabalho potencializado.
Instituído em abril do ano passado pelo governador Fernando Pimentel, o Numies tem como finalidade formular políticas públicas e parcerias para a internacionalização das Instituições Públicas de Ensino, Ciência, Tecnologia e Inovação sediadas no estado.
O objetivo é articular a negociação de acordos de cooperação técnica e financeira, aprimorar o ensino técnico, profissionalizante, tecnológico e superior, bem como estabelecer o intercâmbio de informações com organismos internacionais, governos estrangeiros e centros de pesquisa, ciência, tecnologia, inovação e empreendedorismo no exterior.
“Mesmo durante a elaboração do regimento interno, que acaba de ser concluído, o Numies estava em plena operação e com resultados concretos. Agora, temos mais força ainda para avançar na internacionalização das universidades mineiras”, explica a coordenadora do Núcleo, Alana Dourado.
O Numies foi inspirado nas redes de universidades existentes em outros países, que impulsionam o compartilhamento de conhecimento e a internacionalização. Em Minas Gerais, atualmente, poucas instituições de ensino superior estão em um processo avançado de internacionalização. “Queremos mapear e montar esta rede de universidades com excelência em diferentes áreas, para sermos atrativos no cenário internacional”, acrescenta Alana.
Entre as ações já desenvolvidas pelo Núcleo estão workshops e missões internacionais, viabilização da participação de professores em colóquios e palestras internacionais, além da recepção de delegações nacionais e internacionais interessadas em conhecer o ensino superior mineiro.
O início das atividades foi marcado por uma parceria com holandeses, em março do ano passado, por meio da organização de um workshop internacional e de uma missão ao país com o tema de ciência aplicada em prol do desenvolvimento sustentável.
Esta articulação teve importantes desdobramentos, sendo que um deles se concretiza em outubro, durante mais uma edição do Biobased Battle – competição entre estudantes mineiros e holandeses em busca de transferência de tecnologia da academia para o setor produtivo. Alunos da Uemg e da Unimontes participarão.
Segundo o subsecretário de Ensino Superior da Sedectes, Márcio Rosa Portes, o “peso” do Estado viabiliza cooperações que seriam mais custosas ou até impossibilitadas se fossem feitas bilateralmente.
“Tínhamos muitos encontros meramente protocolares, com delegações internacionais que nos procuram de forma espontânea, por exemplo. Dali muitas vezes não saía um resultado prático. Com o Numies, estes encontros passam a ser mais produtivos no sentido de resultarem em parcerias reais, concretas”, enfatiza Portes.
“Somos o estado do conhecimento, capaz de produzir conhecimento de alto valor agregado e de padrão mundial. A partir daí, abre-se esta segunda possibilidade, que é a de trazer conhecimento que possa agregar ao que nós já temos, gerando, ao final, algum tipo de solução para a sociedade”, completa o subsecretário.
Exemplo disso é que, na semana de 23 a 26 de junho último, professores da Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes)participaram, via Numies, do V Colóquio Internacional de Povos e Comunidades Tradicionais, que aconteceu na Universidade de Kassel, na Alemanha.

Free WordPress Themes, Free Android Games
%d blogueiros gostam disto: